Opinião: 5 motivos para você ter um Kindle

“Larga o preconceito, pega um Kindle e divirta-se”

Todos aqueles que, assim como eu, são ávidos leitores, concordam que os livros são quase que uma dádiva. A textura da capa, a sensação gostosa de passar a página, aquele cheiro delicioso de novo… se tiver um marcador estiloso então, um livro torna-se um objeto de desejo para todos nós, leitores viciados. Em parte por não conseguir simular essas características, os leitores digitais não conseguiam se popularizar entre os devoradores de livros. Mas o que na verdade afasta diversos leitores dessa tecnologia não são suas limitações, mas sim o preconceito e o desconhecimento sobre as vantagens desses aparelhos. Com esse texto espero apresentá-lo ao que considero o melhor leitor digital disponível na atualidade, o Kindle, esclarecer algumas dúvidas sobre sua utilização e te dar cinco grandes motivos para começar a utilizá-lo.

Vamos então à lista de razões pelas quais você deveria dar uma chance ao Kindle:

1) O design do aparelho é ideal para a sua vista e para sua coluna.

Kindle Design

Uns 1.000 livros desse no Kindle ou 1 desses físico na sua mochila. Faça sua escolha. 

Por mais que adoremos os nossos livros de papel, temos que admitir que a sua tecnologia apresenta alguns incômodos para o nosso cotidiano. Em locais mais escuros, temos que forçar a vista para enxergar as letrinhas, que dependendo da edição, podem ser bem pequenas, o que prejudica ainda mais a tarefa. Além disso, uma obra tipo “A Tormenta de Espadas”, de George Martin, tem quase 1.000 páginas, tornando a tarefa de carregar um desses na mochila o dia todo para lá e pra cá um desafio para a coluna. Felizmente o design do Kindle facilita e muito essas tarefas. O modelo Kindle Paperwhite contém iluminação embutida, e não é qualquer luz: é uma luz própria para a leitura, ou seja, que não agride a vista – ao contrário dos tablets convencionais que podem dar dor de cabeça após um tempo. A iluminação inclusive pode ser ajustada, desde completamente desligada até o brilho máximo.

Sobre o peso do Kindle, esse modelo que mencionei tem apenas 206 gramas! Imagine só você poder levar não apenas 1 ou 2 , mas 1.000 livros ao mesmo em apenas 206 gramas! É muita praticidade em um aparelho só: pouco peso para aqueles que não querem interromper sua leitura por falta de espaço na mochila e muitas opções para os indecisos que nunca sabiam qual título teriam vontade de ler no ônibus naquele dia. Além disso, a bateria do aparelho dura muito: em média, eu recarrego o meu Kindle duas vezes por MÊS – considerando que eu o utilizo pelo menos meia hora por dia, está durando bastante, não é?

2) Ideal tanto para leituras por lazer ou acadêmicas. 

Kindle foto

A foto está horrível, eu sei, mas a ideia era vocês perceberem que é só marcar o trecho que gostaram e escolherem se querem só sublinhar, se querem adicionar observação depois, etc. 

Muitos pensam que os leitores digitais só oferecem ao seu leitor ofertas de best-sellers, tipo os romances da moda, os livros de fantasia, etc. Entretanto, existe um universo muito maior a ser explorado com esses aparelhos. Quando comecei o meu mestrado, fiz do meu Kindle meu fiel escudeiro, por diversas razões. Muitos dos livros que usei em minha pesquisa eu comprei pela loja do Kindle. Ainda que diversos autores ou editoras ainda não publiquem uma versão digital para suas obras, a tendência é que em um futuro próximo eles sejam obrigados a se integrar ao universo dos livros digitais. Além disso, outros livros que não apareciam na loja do Kindle, mas que eu possuía cópias em PDF, eu também estudei pelo meu aparelho. Basta você enviar o arquivo por e-mail para o Kindle que ele mesmo converte para o formato mais adequado para a leitura.

Além da disponibilidade de títulos, o Kindle facilita a leitura de títulos acadêmicos por suas diversas funcionalidades. É possível marcar trechos dos livros simplesmente deslizando o texto pela tela. Além disso também é possível adicionar notas à essas marcações. Sabe aquilo que fazemos com as xerox da faculdade, de marcar o texto e escrever uma observação ao lado? Então, é a mesma coisa, só que mais rápido e sem ficar todo sujo de marca-texto. Depois, se você quiser revisitar suas anotações, é só ir na busca do Kindle e pesquisar apenas pelas suas notas. Pronto, você foi direto ao que interessava. Outro recurso bem legal é o dicionário interno do aparelho, que facilita e muito na hora de ler aquele artigo acadêmico escrito em outra língua – ou aquele que até é brasileiro, mas que o cara fica citando autor gringo sem traduzir uma linha para você.

3) Os livros digitais podem chegar a custar 80% menos que os físicos.

Kindle mais barato

Apenas um exemplo da diferença de preço entre as duas versões do mesmo título – lembrando que ao comprar o livro digital você também não paga frete…

Agora chegamos ao que realmente interessa para muitos, tornando-se o verdadeiro fator de decisão de compra: o custo-benefício. Muitos ficam desanimados em comprar um Kindle, por exemplo, pois acham um desperdício de dinheiro gastar 300 ou 400 reais um aparelho que é “só” um leitor digital. Para essas pessoas que garanto que, por mais incrível que pareça, o aparelho se paga em pouco tempo. Porque os livros digitais são, em média, MUITO mais baratos que os físicos. Claro que existem títulos nos quais a diferença é pouca – algo como o livro físico estar 30 reais e a versão digital estar 20 – mas em alguns casos a economia é gritante. Darei exemplos práticos e vividos por mim. Quando eu queria ler “Sob a Redoma”, de Stephen King, quase desisti ao ver o preço da cópia física em algumas lojas tradicionais: o valor girava em torno de 60 a até 80 reais. Felizmente nessa época eu peguei o meu Kindle e pude comprar esse livro gigantesco por 18 reais. Semanas depois, em uma promoção, cheguei a vê-lo por 13. Outro livro de Stephen King, “Novembro de 63”, também me impressionou pela disparidade de preços: a versão física custava algo em torno de 50 ou 60 reais em livrarias, enquanto que comprei e baixei a minha versão Kindle por R$ 7,99. Alguns títulos clássico, como “O Pequeno Príncipe”, podem ser adquiridos por 1 ou 2 reais – mais barato que pegar um ônibus!

Esses foram apenas alguns exemplos e sinceramente poderia acrescentar vários porque na loja do Kindle as promoções são recorrentes. Além de descontos que às vezes chegam a 80% em ebooks específicos – as vezes são em títulos de terror, ou de ficção científica, ou de romance, etc – também rolam cupons que deixam todos os ebooks 5 reais mais baratos, por exemplo. Considerando que a maioria dos títulos que compro custam 15 reais, só nessa brincadeira já economizei mais de 30%, né?

4) A biblioteca do Kindle é uma das mais vastas e versáteis do mercado.

Kindle Desconto

Frequentemente rolam promoções tipo essa. É muito livro, muita promoção, muito título na fila pra ser lido, mas pouco tempo para ler tudo isso, meu Deus

O Kindle é o leitor digital da Amazon, uma das maiores e mais confiáveis lojas de departamento do mundo. Recentemente a empresa chegou ao Brasil com a proposta de revolucionar o mercado de livros e tem feito um grande trabalho nesse sentido. Com uma ampla biblioteca e ótimos descontos, os consumidores e, especialmente os usuários do Kindle tem diversas opções de leitura e com preços bem em conta. Além disso, a Amazon oferece aos seus clientes uma versatilidade muito grande tanto na hora de comprar quanto na de ler. Quer comprar pelo seu computador e mandar o livro pro Kindle? É só logar, clicar e pedir pra enviar. Quer comprar uma HQ digital pelo celular e ler nele mesmo, rapidinho, enquanto espera o dentista? Compra pelo navegador, baixa o aplicativo do Kindle e pronto, sua biblioteca está lá te esperando. Quer resolver tudo no Kindle? Melhor ainda, é só clicar, baixar e ler, tudo em menos de 1 minuto! São muitas opções do que ler e como ler.

5) Você pode baixar amostras grátis dos livros antes de comprar

Kindle Amostra Grátis

Comprar com 1 clique? kkkk não, obrigado, me manda ai essa amostra grátis e depois a gente negocia. 

Sabe quando aquela sinopse te deixa na dúvida se o livro realmente é bom ou o livro está tentando te enganar? Ou quando seu amigo fala suuuper bem da obra mas você não sabe se é tudo isso mesmo ou o cara é só fanboy do autor? Quando bater essa dúvida, basta você ir na loja do Kindle e baixar uma amostra grátis do livro. Essa versão reduzida e gratuita contém alguns capítulos da obra – normalmente uns 5% – o suficiente para você ter uma noção de como é a história, a escrita do autor, etc. Raramente compro algum título direto atualmente: baixo a amostra, leio, e se gostei, compro a versão completa do livro direto por ela. Para quem é pesquisador, esse recurso é bem útil, pois pela amostra é possível ver o sumário do livro, se os capítulos ou artigos contido na obra realmente podem ser úteis para você. Se vocês soubessem a quantidade de tempo e dinheiro que economizei graças a essas amostras grátis, ficariam impressionados com a minha capacidade de iludir com sinopse. Felizmente o meu Kindle impede que minha ingenuidade transforme-se em falência.

Espero que após esse texto você, leitor, tenha conhecido um pouco melhor o Kindle, tenha tirado algumas dúvidas sobre como é ter um leitor digital e quais as vantagens em utilizá-lo e, claro, tenha perdido o medo ou a resistência em testar essa tecnologia. Caso você tenha se decidido por comprar um brinquedinho desses, vou deixar aqui no fim do texto um link para o modelo que eu mais gosto, o Kindle Paperwhite. Abraços e ótima leitura para você!

Se você ficou interessado em adquirir o seu Kindle, é só clicar no link e ser feliz! http://amzn.to/2jPEnVa

Facebook Comments

Lucas Bastos

Mestre em Comunicação, 7,8 na escala Nerd, fã obsessivo de FMA, Marvel fanboy e defensor da tese de que George Martin é melhor que Tolkien.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *