Top 5: Coadjuvantes que ganharam seus próprios jogos

Todos estão familiarizados com as grandes estrelas dos jogos, o bom e velho herói que enfrenta todos os desafios. Mas onde ficam os coadjuvantes nessa história? Para provar que eles não foram totalmente esquecidos, fiz esta lista. Só para ressaltar, não dei uma classificação ou pontuação, logo a posição dos jogos não significa que um foi melhor que o outro. Então chega de enrolação e vamos à nossa lista!

 5 – Zero (série Megaman)

X4ZERO
Sempre achei o design de Zero superior ao do Megaman.

Sempre achei Zero muito mais carismático que o Megaman. Lembro até hoje a primeira vez que joguei com ele no meu primeiro jogo da série, o Megaman X4. Zero era muito mais badass, tinha um sabre laser que pegava fogo e vários outros poderes. Isso sem falar na armadura que eu sempre achei mais estilosa. O carisma de Zero rendeu quatro jogos no Game Boy Advance, jogos merecidos para esse ótimo personagem.

4 – Shadow the hedgehog

Shadow the hedgehog
Não foi dessa vez, Shadow… Quem sabe na próxima?

Depois da sua aparição em Sonic Adventures 2, Shadow conseguiu seu destaque em um jogo solo. O problema foi que a versão do Playstation 2 realmente não agradou e apresentava inúmeros defeitos de taxa de quadros, além da câmera horrível e dos controles igualmente péssimos. A ideia de mesclar as fases em alta velocidade com armas de fogo também não agradou os fãs mais hardcores da franquia. Shadow bem que tentou, mas não conseguiu brilhar em seus 15 minutos de fama.

3 – Luigi

Luigi passou por altos perrengues em Luigi's Mansion!
Luigi passou por altos perrengues em Luigi’s Mansion!

O famoso “Mario Verde” sempre viveu na sombra do seu irmão encanador. Depois do fiasco de Mario is Missing, Luigi decide que está na hora de uma mudança drástica com seu aclamado Luigi’s Mansion para Gamecube, um jogo onde o bigodudo terá que vencer seus medos e se aventurar em uma mansão repleta de fantasmas. O game se saiu tão bem que ganhou uma continuação para o 3DS, intitulado Luigi’s Mansion: Dark Moon, que inclusive tem review aqui no site. Você pode conferir clicando aqui.

2 – Yoshi

O carisma de Yoshi foi tanto, que em 1995 ele estrelaria seu próprio jogo.
O carisma de Yoshi foi tanto, que em 1995 ele estrelaria seu próprio jogo.

A simpatia do dinossaurinho verde fez que ele fosse o protagonista de inúmeros jogos, abrindo espaço aqui para o belíssimo Yoshi: Touch & Go do Nintendo DS e toda a série Yoshi’s Island. E eu sei que você aí, lendo este texto agora, já se enfureceu com o Baby Mario que não parava de chorar, não é mesmo?

1 – Princesa Peach

Peach deixa de ser a donzela em perigo e vai ao resgate de Mario em Super Princess Peach!
Peach deixa de ser a donzela em perigo e vai ao resgate de Mario em Super Princess Peach!

Por muito tempo, Peach foi sequestrada por Bowser na franquia de jogos do Mario. Mas desta vez quem foi sequestrado foi o próprio Mario e quem se aventura é a nossa querida princesa. Essa é a história de Super Princess Peach! Parece que o jogo virou, não é mesmo? A princesa conta com seu guarda-sol mágico e falante chamado Kassaa, que dá dicas e libera novas habilidades. Super Princess Peach irá agradar tanto as meninas quanto os marmanjos e renderá boas horas de diversão!

E aí? Lembrou de mais algum coadjuvante dos games que também ganhou seu próprio jogo? Deixe seu comentário!

Facebook Comments

Roberto

Fanático por Segunda Guerra Mundial, amante de cultura japonesa e viciado em café nas horas vagas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *