Opinião: 5 motivos pelos quais Splatoon é incrível.

Splatoon” foi a grande surpresa anunciada pela Nintendo, lá trás, ainda na E3 de 2014. Crianças-lulas que iriam guerrear usando armas de tinta…é sério mesmo? O que é isso, um shooter para pré-escolares? Boa parte dos gamers olharam com desconfiança a proposta, inclusive eu mesmo. Depois de ouvir boas críticas acerca do jogo, resolvi dar uma chance. Hoje posso dizer que sou oficialmente um Inkling Boy: “Splatoon” é fantástico e nesse texto citarei 5 motivos pelos quais eu e milhares de outros jogadores achamos isso.

1º – Splatoon é um Shooter divertido

1406-10-E314-Splatoon-Wii-U-Galería-13
Muita diversão e tinta em alta definição pra você

Em um primeiro momento esse meu motivo parece raso ou sem sentido. A ideia de um jogo é ser divertido mesmo, qual a novidade então? O diferencial aqui é que Splatoon consegue ser um bom Shooter e AO MESMO TEMPO ser divertido! Não via isso desde a época de Goldeneye, para 64. De lá pra cá, experimentei diversos shooters ou FPS (Call of Duty, Battlefield, etc.) e por mais que fossem bons jogos, desafiadores, às vezes recompensadores, etc, o fator diversão nunca era o principal ali. A competição, a adrenalina, o desafio, esses eram os astros. Se você fosse bom o bastante, até se divertia jogando; caso contrário, rolava mais stress que outra coisa. Ao propor uma atmosfera mais colorida, infantil, enfim, relax, Splatoon consegue aliviar a tensão de um clássico Shooter. Os jogadores sorriem, agradecidos.

2º – Matar é completamente opcional

Screen-Shot-2015-05-15-at-12.19.54-AM
Olhem os melhores de cada time: a menina de amarelo fez 7 x 0, um placar matador, enquanto que o rapaz de rosa fez 3/4, mas mesmo assim foi o mais eficiente do seu time. 

É claro que em um shooter você espera eliminar seus oponentes. De pistola, submetralhadora, rifle, bomba, enfim, independente do jeito a matança está proposta no gênero e Splatoon não foge à regra. Mas o principal modo do game, o Turf Wars, possui um objetivo principal diferente: pintar mais a fase do o que seu oponente. Ou seja: pode ser que você venha a matar seus inimigos 15 vezes sem morrer nenhuma, mas se a cor do outro time dominar o terreno, você perde. A recíproca também é verdadeira:  é possível fazer um 0/10 e ser o melhor da partida, pois você pintou uma área maior da fase. Assim, aquele cara ruim de mira pode ficar tranquilo pois não estará necessariamente atrapalhando a equipe, já que ele pode contribuir dando aquela demão na arena. Pra galera mais “violenta”, eliminar muitos oponentes também é muito bem-vindo, já que os tira de ação por mais tempo. Ninguém sai na desvantagem desse jeito, né? Vem todo mundo jogar!

3º – Personagens carismáticos

girl_img
Se você tiver um amiibo da Inkling Girl e fizer seus desafios, abre o uniforme escolar pra ela ^^

Os Inklings – personagens principais do jogo – tem o selo Nintendo de carisma e criatividade. Capazes de se transformar em Squids e nadar pela tinta ou em crianças guerrilheiras, esses meninos e meninas conquistaram os fãs de Splatoon. Diferentemente de um FPS no qual o jogador não vê seu próprio personagem, aqui a customização de personagens realmente é uma parte vital do jogo. Adoro escolher novas roupas e acessórios pra minha Inkling Girl – sim, eu jogo com ela e não com o garoto, porque acho ela muito mais badass. Ela já se vestiu de militar, estudante de Hogwarts, menina lula casual  e agora to de olho na roupa inspirada no anime “Shinryaku! Ika Musume“. Agora imagina quando começarem a aparecer os – prováveis – DLCs inspirados em personagens das franquias Nintendistas… Além dessas gears especiais, os protagonistas por si só já apresentam expressões, movimentos e até comemorações bem divertidas e únicas. Splatoon foi o primeiro shooter no qual eu realmente me apeguei a meu avatar. É um show de simpatia essa garotada!

4º – Splatfests

WiiU_Splatoon_050715_Splatfest_screen_01
Mané Dilma vs Aécio, essa na real é a grande treta dos nossos tempos: cães vs gatos, quem são os melhores bichinhos?

Splatfests são eventos especiais dentro de Splatoon. Durante um fim de semana o jogo adquire uma cara diferente, baseada em uma temática específica. Esse tema é sempre uma disputa entre times, na qual os jogadores podem escolher se afiliar a um deles e defendê-lo com toda sua força – e sua tinta. As temáticas podem ser as mais aleatórias possíveis, desde marshmallows vs hot-dogs até mesmo o patrocinado por Transformers, intitulado “Autobots vs Decepticons“. Ao fim do evento, o time com mais vitórias e mais seguidores é declarado vencedor e todos os jogadores, até os perdedores, ganham itens especiais. Agora imagine as possibilidades: Link vs Ganondorf, Pepsi vs Coca, Pokémon vs Digimon (ok, esse não rola por razões óbvias). Enfim, os Splatfests dão maior variedade às disputas além de acirrar a competitividade entre jogadores!

5º NÃO TEM VOICE CHAT!

WiiU_Splatoon_scrn07_E3.1403195884
Você precisa de Voice Chat pra entender que isso significa YOU CAME TO THE WRONG NEIGHBORHOOD, SQUID MOTHERFUCKER! ????

Esse aqui é controverso. Muitas críticas especializadas penalizaram Splatoon em pontos por não oferecer opção de voice chat entre jogadores. A Nintendo se justificou afirmando que não colocou no game por haver muita “negatividade” nos diálogos através dessa ferramenta. Estou com a Nintendo nessa: pra que precisamos disso? Para eu ser xingado de filho da puta, camper, viado ou o cara que me matou falar que comeu a minha mãe? Lembrem-se que o público infantil é grande nessa franquia e por mais que não pense que devemos blindar os pequenos de tudo do mundo, acho sim desnecessário que eles ouçam tanta falta de educação o tempo todo. “Ah mas e como vou combinar estratégias com meu time?”, você pode me perguntar. E eu vou responder: te vira. Fala no Skype com seus amigos ou simplesmente arranja um jeito de deixar isso claro no jogo. É relativamente fácil mostrar pros outros players por onde você pretende ir, que estratégia pretende assumir na partida, etc. Se tem um cara em confronto direto com o inimigo, você pode vir ajudá-lo atacando o safado pelas costas, e ninguém precisa de um voice chat pra combinar essa parada, né?

Essa é a minha lista dos 5 principais motivos pelos quais Splatoon é incrível e merece ser jogado. Existem outros pontos positivos no game além desses, claro, e acredito que você tenha diversos outros motivos para ser fã dessa nova franquia. Se você ainda não deu uma chance para esse jogo, recomendo que você pare de ler esse texto agora e vá jogar. Até porque vou acabar o artigo agora mesmo e vou voltar pro Wii U, vou lá jogar mais um pouco de tinta na cara desses inklings safados. Até a próxima, galera!

Facebook Comments

Lucas Bastos

Mestre em Comunicação, 7,8 na escala Nerd, fã obsessivo de FMA, Marvel fanboy e defensor da tese de que George Martin é melhor que Tolkien.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *