Magic: Top 5 dicas para iniciantes que buscam competitivo

Depois do nosso texto apontando alguns erros cometidos pelos iniciantes no Magic, hoje trazemos algumas dicas para você que também está começando MTG, mas que talvez pretendam investir um dinheiro mínimo com o jogo e possivelmente jogar algum torneio.

1) Escolha um formato de jogo

Se você está começando a jogar MTG agora e tem alguns amigos mais experientes, provavelmente você ouviu alguma variação da segunda frase: Magic é um jogo caro. E isso é fato e por isso essa primeira dica.

Se você é um iniciante, provavelmente você não tem cartas e, por causa disso, o seu gasto com o primeiro deck será de 100%. Por isso, vale a pena pensar em qual formato você vai querer investir inicialmente para ter em mente o seu gasto imediato e futuro.

Legacy, por exemplo, é um formato com cartas de um preço muito alto, mas com pouca “manutenção” dos decks, fazendo com que você tenha um investimento quase único, mas com cartas mais difíceis de se achar.  Já o Standard, é um formato com as edições mais atuais e que tem rotação constante e com datas pré-estabelecidas, isso faz com que as cartas sejam mais fáceis de serem encontradas, mas um gasto constante por conta das quedas das edições.

Por isso, pesquise antes o formato que te agrada mais e decida se ele é de fato compatível com o seu bolso, afinal, MTG é um jogo caro.

2) Estude o metagame

Essa é uma dica que complementa a dica número um. Depois de você escolher um formato, você precisa escolher o deck que você vai usar para jogar. O metagame é uma maneira de ver quais os baralhos estão mais fortes nos torneios e, consequentemente, quais são as melhores opções para jogar.

Dessa maneira, procure observar como está o formato, quais arquétipos estão melhores e quais arquétipos te agradam mais. Você gosta de jogar de maneira mais agressiva, veja se tem algum deck aggro; você gosta de jogar de maneira mais recuada e controla o jogo, procure algum control. Seja lá o seu estilo de jogo, só tente procurar antes se tem algum que se encaixe com ele em uso, pois, caso não tenha, você pode acabar se frustrando com o seu deck e com o modo de jogar que você gostava tanto.

3) Veja campeonatos

Ok, agora você já sabe o formato e o deck que quer jogar. Mas saiba também como utiliza-lo e, mais importante, porque algumas cartas estão ali.

No mundo competitivo, se você é um jogador iniciante, muito provavelmente a sua lista será cópia de outra utilizada me algum campeonato e por isso você precisa assistir os mesmos. Por mais que você saiba o que são aquelas 75 cartas no papel, nem sempre você sabe como utiliza-las da maneira mais efetiva e é aí que a experiência dos pró-players entra, afinal, você possivelmente vai estar vendo o criador do deck utilizando o mesmo.

Dessa maneira, você vai entender como se comportar nas diferentes matchups, saber qual carta do side usar no momento certo, entender algumas jogadas mais e efetivas e etc.

4) Sempre troque informações e jogue com amigos

Magic, por mais que seja um jogo individual na maioria dos casos, ainda assim é um jogo em que um coletivo pode ajudar e muito. Troca de informações, deckbuild coletivo, informações depois de uma partida num torneio… tudo isso certamente te ajuda a melhorar no jogo.

Assim como a dica anterior, a experiência de outros conta e muito. Por isso, tenha sempre em mente que um treino em grupo será muito mais efetivo que um treino sozinho ou na internet com desconhecidos. Grandes jogadores costumam se preparar para pro tour com treinos intensos em casas. Você não precisa ficar 24h por dia na casa de um amigo, mas porque não marcar um dia para jogar com a galera e decidir as estratégias pro campeonato?

5) Participe de torneios pequenos

Bom, agora que temos quase tudo estabelecido e preparado, vem a hora de pôr na prática aquilo que você analisou. No entanto, você tem que saber que, assim como entender seu deck, você precisa entender como funcionam os torneios de MTG. Por isso, jogue sempre os torneios das lojas próximas da sua casa. Seja Friday Night Magic ou até mesmo uma liga que a própria loja organiza, isso é fundamental para o seu desenvolvimento inicial.

Tenha em mente que você provavelmente não vai começar o jogo ganhando um PPTQ, por isso é bom ir se acostumando com a estrutura dos torneios em locais mais “seguros” de se jogar, para depois sim entrar em torneios mais sério e quem sabe alcançar o tão sonhado alto nível do patamar competitivo.

Vale ainda ressaltar que, entrando em torneios pequenos, você poderá aprender as regras de torneio e como se portar nos mesmo. Em torneios menores, as punições serão menos severas e é onde você tem espaço para aprender, uma vez que nos torneios grandes as infrações de regras terão punições mais severas e isso pode comprometer seu desempenho.

É isso galera, essas são algumas dicas para iniciantes no MTG conseguirem melhores resultados jogo. Por mais que sejam coisas básicas, são detalhes que fazem toda a diferença na hora de começar a jogar, caso você queira algo mais desafiador no jogo.

Concordam com o que foi dito? Tem alguma outra sugestão? Deixa aí nos comentários

 

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *