Review: 4ª Temporada de “Game of Thrones”

“O melhor das Crônicas de Gelo e Fogo está aqui”

Acredito fielmente que devemos nos dedicar ao máximo a tudo que fazemos. Porque nos contentar com um trabalho bom quando podemos criar algo melhor? Após terminar de assistir o último episódio da 4ª temporada de “Game of Thrones”, percebo que os produtores compartilham da minha crença, pois deram o seu melhor nessa reta final. Mas infelizmente, vejo um problema nisso: e agora, José, o que será da 5ª temporada? Como ela poderá ser melhor do que isso que acabamos de ver?

Já havia adiantado na Preview para a Season 4 de GoT que os roteiristas da série teriam o melhor material em mãos: a reta final do terceiro livro, o “Tormenta de Espadas” é simplesmente sensacional, e praticamente te obriga a ler 400 páginas de forma ininterrupta. Nem por isso a tarefa de realizar a adaptação para a televisão seria fácil, e considero que o trabalho foi muito bem feito. Momentos chaves foram narrados encenados com tanta intensidade que foi impossível desviar os olhos por mais brutais que fossem os acontecimentos. Mas a série conseguiu ir além do que se esperava, agradando seus telespectadores e surpreendendo os leitores mais fanáticos – e me incluo nesse grupo.

quarta got 1

Como assim só tem GoT de novo em 2015? Nãaaaaaaaaaaaaaaaaaaao!

Tinha um pouco de receio sobre a construção do personagem Víbora Vermelha e, principalmente, de como a sua luta contra a Montanha seria feita. Oberyn Martell, como já discutimos em nosso texto da coluna perfil – só clicar nesse link: http://www.drophour.net/#!perfil-vbora-vermelha/cv7b – é polêmico, controverso e sua morte é uma das mais revoltantes de toda a obra. Como os fãs aceitariam que um personagem tão carismático perderia sua vida em um combate que já parecia ganho? E como adaptar para a série uma morte tão sangrenta, decretada com tanta banalidade por um adversário psicopata? Temi por uma abordagem sensacionalista, ou pior: um assassinato tão suavizado que não passasse a ideia correta. Mas os produtores foram muito felizes e nos premiaram com um episódio para recordar.

The_Viper_vs_the_MountainMinha mãe sempre disse para ter cuidado com facas…e com montanhas

Analisando friamente todos os 10 episódios, podemos ver outros momentos que tornaram essa temporada única. A morte do famigerado Joffrey Baratheon no seu próprio casamento. O abrupto exílio de Sor Jorah Mormont imposto por sua amada Daenerys. A intensa batalha dos Selvagens contra a Patrulha da Noite. Todo o julgamento de Tyrion, narrado com suspense e reviravoltas durante vários episódios e aperfeiçoado com a brilhante atuação de Peter Dinklage. A mais que surpreendente morte do poderoso Tywin Lannister.

quarta got 2

Muitas reviravoltas na vida de Tyrion Lannister nessa temporada

Tudo isso nos foi apresentado na Season 4, e inevitavelmente deixou uma pergunta no ar: o que vem agora? Aliás, eu também me faço tal pergunta. E sim, eu li todos os cinco livros já lançados até agora – os que compõe a obra principal das Crônicas de Gelo e Fogo. Mesmo assim, confesso que estou um pouco apreensivo com relação aos próximos episódios.

Em primeiro lugar, não sou fã do quarto e quinto livros – “Festim dos Corvos” e “Dança dos Dragões”, respectivamente. Não são ruins, mas sinceramente considero-os muito mais fracos que os três primeiros. Em segundo lugar: como a próxima temporada poderá superar em qualidade um período no qual tivemos tantos acontecimentos marcantes envolvendo personagens considerados fan favorites? Já fui surpreendido positivamente pelos roteiristas do seriado e torço para que isso aconteça de novo. Caso contrário, ouviremos reclamações sobre queda de nível em Game of Thrones.

the-mountain-and-the-viper-instagram-pedro-pascalIsso aí galera, sem ressentimentos após a quarta temporada hein

A 4ª Temporada mostrou o que é Crônicas de Gelo e Fogo em sua essência: intrigas, plot twists, dramas familiares, mortes e uma luta desenfreada por poder e soberania. Considero-a a melhor das temporadas até então, de longe, principalmente pelo empenho dos produtores em transformar ótimos momentos do livro em episódios épicos e cenas dignas de entrar para a história da televisão estadunidense. E a 5ª Temporada? Te vira malandro, vai ter que ralar muito para superar essa daí. Boa sorte!

Facebook Comments

Lucas Bastos

Mestre em Comunicação, 7,8 na escala Nerd, fã obsessivo de FMA, Marvel fanboy e defensor da tese de que George Martin é melhor que Tolkien.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *