Cinco animes Josei, que todos deveriam ver.

Opa meu povo eu voltei. Depois da boa recepção que vocês me deram pela minha lista anterior sobre animes sobre musica.
Decidi fazer uma nova lista só que dessa vez sobre animes josei, para aqueles que não estão familiarizados. Os japoneses preferem segmentar seus animes com base no público alvo a qual se destina o desenho. No caso dos animes josei, as produções tem o intuito de agradar mulheres adultas. Isso quer dizer que a narrativa aborda temas mais consistentes, realistas e pertinentes à esta fase da vida, diferente do clima de romance utópico que vemos nas obras de estilo shoujo. Podemos dizer que o Josei é um amadurecimento do estilo Shoujo.

No entanto, a classificação não impede que pessoas do sexo masculino se interessem pelos desenhos. Quando falamos de entretenimento, o que importa é se divertir e sentir-se conquistado por uma boa história. Por isso, fizemos uma lista de animes josei que vale a pena conhecer, seja você uma moça ou um rapaz.

Usagi Drop

Mais fofo do que qualquer outro dessa lista, esse anime mostra como a vida de Daikichi, um solteirão de 30 anos, mudou completamente quando conheceu uma criança que é sua tia. Ao comparecer ao enterro de seu avô, o rapaz descobre que o velho deixou um presentão para família: a Rin, de 6 anos de idade. Foi uma grande surpresa porque, até aquele momento, a existência da menina havia sido escondida.

Todos ficam incomodados com a ideia de cuidar dela e chegam a questionar mandá-la a um abrigo. Daikichi se opõe e decide assumir a responsabilidade. Sem nenhuma experiência com crianças, mas com um coração disposto a acolher a nova integrante da família, ele passa a viver momentos doces e ao mesmo tempo desafiadores enquanto cria sua titia Rin.

De onde saiu: Manga, 9 volumes, finalizado.

Sakamichi no Apollon

O anime trata do amadurecimento, da amizade e da música, especialmente o jazz. Com uma história com temas mais adultos. Além disso, falando sobre música, o anime conta com títulos conhecidos mundialmente de músicos de jazz renomados.

São adolescentes normais, que buscam encontrar seu lugar de calmaria dentro de si. Kaoru e Sentaro, ambos tem seus passados conturbados envolvendo família, porém acabam encontrando um no outro uma certa afinidade com a qual só a música consegue explicar. No começo é bonito de ver a relação deles, eu particularmente gostei muito, soou até um pouco poético quando foram mesclados com o Jazz.

De onde saiu: Manga, 9 volumes, finalizado.

Shouwa Genroku Rakugo Shinjuu

Vamos falar agora do meu queridinho da lista. A história gira em torno de um ex-prisioneiro que foi libertado por bom comportamento em meados dos anos 60. Ele retorna para a sociedade e quer começar uma nova vida como contador de histórias(rakugo). Comovido pelo mestre Yakumo, em uma apresentação vista enquanto estava preso, ele pede ao mestre para aceitá-lo como aprendiz.

Essa sinopse acaba enganando muita gente, pois só é válida para o primeiro episódio. A história na real é sobre o passado de Kikuhiko, desde a infância, seu relacionamento com o Sukeroku, os treinamentos, a vida deles com o Raguko, a guerra, seu envolvimento com a Miyokichi, suas brigas e desentendimentos, até o momento presente. É um anime histórico, que conta de certa forma a decadência de um estilo de arte (rakugo), pois com os desenvolvimentos tecnológicos, novas formas de entretenimento surgem.

Mas o anime como dito no inicio é sobre a vida de kikuhiko e o plano de fundo é o período Shouwa com dramas reais e situações que provavelmente aconteciam naquela época no Japão. Muitas emoções com a qual nos identificamos até nos dias atuais.

OBS: Se vocês gostarem desse anime, eu já falo que tem uma segunda temporada que finaliza perfeitamente a obra.


De onde saiu: Manga, 10 volumes, finalizado.

Nana

Com enredo bem complexo e envolvendo assuntos pesados como vício em drogas e gravidez indesejada, esse anime apresenta como protagonistas duas moças que se chamam Nana. Elas acabaram de se mudar para Tóquio, cada uma por seus motivos, e, por força do destino, se conhecem em um trem.

O fato de terem o mesmo nome, ao mesmo tempo que têm objetivos e personalidades muito diferente, parece intrigar as duas num primeiro momento. Ao longo dos episódios acompanhamos suas vida, com altos e baixos, emoções e decepções, realizações e dificuldade. O anime pertence aos mesmos criadores de Pradise Kiss, que você pode conferir no tópico a seguir.

De onde saiu: Manga, 21 volumes, paralisado desde junho de 2009, por motivos de saúde da autora, Ai Yazawa.

 Paradise Kiss

Quem curte histórias que mostram a garra de pessoas correndo atrás de seus sonhos, certamente vai se contagiar com Paradise Kiss. A protagonista Yukari Hayasaka é aluna do Ensino Médio – como em 99% dos animes – e não faz ideia de como seguirá sua vida depois do colégio.

Por acaso do destino ou sorte, a moça esbarra com um grupo de estilistas que muda completamente sua vida. A princípio, Yukari é convidada para servir de modelo para sua coleção. Conforme vai convivendo com eles, a jovem encontra estímulo para descobrir mais sobre si mesma e um grande amor em George. Com isso, ela ganha a energia que precisa para perseguir seus sonhos. Os personagens são todos muito excêntricos e divertidos, afinal estão relacionados com o mundo da moda.

De onde saiu: Manga, 5 volumes, finalizado.

 

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *