5 motivos para você dar uma chance a “Your lie in April” / “Shigatsu Wa Kimi no Uso”

“Lindo, único e inesquecível”

Existem muitas escalas que podem ser usadas quando o objetivo é medir a qualidade de um produto. Quando falamos de um filme, série, uma HQ, ou qualquer que seja a obra em questão, muitas escalas podem ser usadas para separar os diferentes exemplares dos gêneros. Eu costumo nivelar as obras pela seguinte escala: péssimo, ruim, medíocre, bom, excelente e, acima de todas elas, a categoria “única”. Quando falo que um mangá, por exemplo, é único, não é porque só ele em todo o mundo tenha os atributos que ele apresenta ou que apenas ele atingiu determinados índices de audiência, mas sim porque para mim ele tem uma importância e significado que nenhum outro conseguiu. “Shigatsu Wa Kimi no Uso“, ou “Your lie in April” (título traduzido pelo qual o mangá começou a ser comercializado no Brasil, pela Panini) é um exemplo de obra única, pois na minha vida ele não é apenas excelente, mas insubstituível.

A questão é que “Shigastu” (a partir de agora vou me referir a ele assim para o texto não ficar enorme” é um mangá e anime tão bom que pode muito bem ocupar posições de destaque na sua lista de favoritos. Nesse texto eu me propus o desafio de listar ao menos cinco motivos pelos quais você deveria dar uma chance a esse título, seja o mangá ou o anime. Felizmente, no meio dele percebi que a lista poderia se estender até mais de dez. Mas para não ficar muito cansativo, vamos ficar com apenas cinco.

Shigatsu Wa Kimi no Uso Capa

A linda capa do primeiro volume do mangá. 

Antes de apresentar esses motivos, acho importante deixar uma pequena sinopse do que se trata a história, até pra você não ficar perdido nas minhas explicações dos motivos para você começar a assistir o anime/ler o mangá. Arima Kousei é um prodígio do piano que, após o falecimento de sua mãe (que também era sua mentora musical), torna-se incapaz de tocar o instrumento, pois não consegue mais ouvir o som das teclas. Kousei segue sua vida adolescente distante da música, com sua melhor amiga Tsubaki e seu colega Watari, mas sempre com a sensação de que algo está faltando em seu mundo. Quando tudo lhe parece sombrio e sem graça, eis que uma jovem violinista surge em seu mundo, uma menina cheia de energia chamada Kaori Miyazono, e ela começa a mostrar para Kousei que a vida pode ser divertida e vibrante, como uma bela melodia.

Agora que você, leitor, já foi apresentado à sinopse da obra, sem mais delongas, vamos aos motivos pelos quais acho que você deve mergulhar de cabeça em Shigatsu Wa Kimi no Uso!

1. Dramas existenciais e dilemas adolescentes misturados na medida certa.

Shigatsu Wa Kimi no Uso Manga

Em tradução livre: “Eu odeio o piano. Mesmo assim, eu ainda me agarro a ele. Certamente porque eu não tenho mais nada. Sem o piano, eu sou vazio. A única coisa que me restou foi uma feia pegada”

Shigastu é uma daquelas obras que maltrata o seu coração. Te faz sofrer. Promete alegrias, até oferece momentos bonitinhos, mas no geral te bombardeia com episódios dramáticos, desilusões e dor. Os grandes responsáveis por tantas lágrimas são os dramas existenciais somados – e misturados – aos dilemas adolescentes vividos pelas personagens do mangá. Kousei é o personagem que mais concentra crises, como sua complicada e por vezes abusiva relação de filho/aprendiz com sua mãe/professora e a sua recusa em continuar sua carreira musical, pois mesmo que tenha o talento necessário para segui-la, não consegue mais sentir desejo por ela. Mas simultaneamente, Kousei também tem dúvidas muito mais “comuns”, como por exemplo qual colégio deve escolher para seguir sua formação e de qual menina ele gosta. Considero esse um dos atributos que torna Shigatsu tão atraente: o autor conseguiu alternar em sua trama temas pesados, profundos com outros mais leves, estratégia que dá uma boa dinâmica à obra, sem “envelhecer” demais os personagens e deixar a narrativa tão densa a ponto de incomodar.

 2. Todos os personagens são importantes e oferecem algum elemento à trama – até o Watari. 

Shigatsu Wa Kimi no Uso Anime

Melhor mangá/anime, melhor elenco. Na ordem, da esquerda pra direita: Tsubaki, Kaori, Kousei e Watari. 

Dos mangás que já li e animes que acompanhei, acredito que Shigatsu seja aquele com menor número de personagens. O “elenco” principal da obra não passa de dez personagens, mas felizmente cada um deles tem um papel a desempenhar na história. Kousei é o sofrido protagonista perseguido pelos fantasmas do passado e receoso de qual caminho deve seguir em sua vida; Kaori é a intrépida e divertida menina que está ali para fazê-lo lembrar não apenas da música mas de como a vida pode ser bela e colorida; Tsubaki é a amiga fiel que nunca deixa Kousei desistir da música e de seu talento, ainda que ao mesmo ela seja a maior conexão entre Kousei e o universo não-musical ao seu redor; até Watari, o adolescente metido a pegador do colégio que aparentemente não tem função na obra, serve como alívio cômico e também como contraponto masculino a Kousei, já que existem pouquíssimos personagens homens na trama. Poderia citar os outros personagens e sua relevância para a trama, claro, mas o legal é que cada pessoa que leia ou assista Shigatsu faça as suas considerações sobre cada um contribui para a história – afinal, você pode ter uma visão totalmente diferente da minha!

3. Momentos inesquecíveis.

Eu não consigo assistir essa cena sem me emocionar. É sério. 

Quando um mangá, por exemplo, é capaz de permanecer na sua memória mesmo anos após sua leitura, significa que algum mérito a história possui. Shigatsu, ao meu ver, é uma mina de ouro com relação a momentos inesquecíveis. Alguns episódios são tão bem escritos, algumas cenas são tão bem pensadas e transpostas para o traço (ou para a animação) que tornam-se bonitos e fortes o bastante para ficarem em sua memória. O primeiro encontro de Kousei e Kaori, por exemplo, é uma daquelas cenas nas quais os diálogos, a música, o cenário, tudo é combinado de maneira tão mágica que simplesmente nos pegamos querendo re-assistir para sentir novamente a magia do momento. Posso listar diversos outros aqui só em uma “pensada” rápida: a primeira apresentação de Kaori, o diálogo dos dois antes de sua apresentação em conjunto, as lembranças de Tsubaki sobre sua infância com Kousei, a conversa de ambos na praia…

4. A trilha sonora, é claro!

Eu sei que vocês estão curiosos para saber como é a abertura do anime. 

Obviamente esse tópico diz mais respeito ao anime do que ao mangá de Shigatsu, mas por incrível que pareça até quem consome apenas o mangá pode se beneficiar da excelente trilha escolhida para a obra. Kousei, Kaori e os outros músicos de Shigatsu tocam músicas reais, grandes sinfonias (algumas muito famosas e outras nem tanto) que são agradabilíssimas aos ouvidos. Ainda que não seja possível “ouvir” essas músicas durante a leitura do mangá, nada impede o leitor de botá-las para tocar no youtube enquanto os personagens fazem suas performances. No anime, obviamente esse atributo é melhor explorado, oferecendo uma carga maior de emoção aos concertos e apresentações. Além disso, as músicas de abertura, encerramento e a trilha musical da animação também são excelentes e só ajudam a compôr uma excelente playlist de Shigatsu!

5. Shigatsu é tão romântico que pode te ajudar a encontrar o amor da sua vida.

Shigatsu Wa Kimi no Uso Casal

Pode deixar, eu nunca vou esquecer 🙂

Pelo menos foi isso o que aconteceu comigo. Em uma madrugada na qual despretensiosamente compartilhei uma imagem de Shigatsu em meu Facebook, eu dava, ainda sem saber, o primeiro passo para encontrar o amor da minha vida. Nesse dia, a minha namorada – à época, ainda apenas uma conhecida – curtiu a foto e a partir daí eu resolvi puxar assunto com ela. Em pouco tempo ela já assistia o anime, conversávamos sobre ele – e sobre muitas outras coisas – combinamos de sair, e por aí vai. O resto é história: a nossa história, uma linda história que para sempre terá ligação direta com Shigatsu Wa Kimi no Uso. Quem sabe você também possa encontrar o amor com esse mangá? Ele é romântico, é fofinho, é lindo e com certeza é um ótimo tema para começar a puxar assunto com aquela pessoa especial!

Essa foi a minha lista dos cinco principais motivos pelos quais você deve dar uma chance a Shigatsu Wa Kimi no Uso, seja o mangá ou o anime! Se você já for um fãzaço da obra, que nem eu, comenta aqui porque você gosta tanto dessa obra. E se você ainda não conhecia Shigastu e decidiu começar a ler/assistir por causa desse texto, não esquece de nos contar o que achou da recomendação! Abraços.

Facebook Comments

Lucas Bastos

Mestre em Comunicação, 7,8 na escala Nerd, fã obsessivo de FMA, Marvel fanboy e defensor da tese de que George Martin é melhor que Tolkien.

Um comentário em “5 motivos para você dar uma chance a “Your lie in April” / “Shigatsu Wa Kimi no Uso”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *